O QUE O EMPRESÁRIO GANHA COM A REFORMA TRABALHISTA? Demissão coletiva sem concordância do sindicato

DIREITO DOS IDOSOS: Acesso a medicamentos gratuitos
17 de outubro de 2017
O QUE O EMPRESÁRIO GANHA COM A REFORMA TRABALHISTA? Termo de quitação anual de débitos trabalhistas
18 de outubro de 2017
Exibir tudo

Hoje em dia, para que haja a dispensa em massa de trabalhadores, se faz obrigatória a concordância do sindicato. A Reforma Trabalhista, que entrará em vigor em novembro, modificou esta situação. Assim, poderá a empresa proceder com a demissão coletiva ou plúrima sem a necessidade de autorização prévia de entidade sindical ou de celebração de convenção ou acordo coletivo de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *