O QUE O EMPRESÁRIO GANHA COM A REFORMA TRABALHISTA? Férias

A Reforma Trabalhista também alterou as regras referentes à concessão das férias. A nova lei permite que as férias sejam usufruídas em até três períodos, sendo que um destes períodos deverá ser de, no mínimo, quatorze dias corridos e os demais não poderão ser inferiores a cinco dias corridos.

A lei ainda em vigor somente permite a divisão das férias em dois períodos, sendo que um deles não pode ser inferior a dez dias corridos.

A nova lei também desobrigou a concessão de férias em um único período para trabalhadores acima de 50 anos.

Importante ressaltar que é necessário que o empregado concorde com a divisão das férias. Também é vedado o início das férias no período de dois dias que antecede feriado ou dia de repouso semanal.

Assim, as mudanças possibilitarão maior flexibilização para os empregadores na organização de seu quadro de funcionários.

Leave a comment