SAIBA MAIS SOBRE A HOLDING MÉDICA

O QUE O EMPRESÁRIO GANHA COM A REFORMA TRABALHISTA? Mera identidade de sócios não caracteriza grupo econômico
17 de outubro de 2017
DIREITO DOS IDOSOS: Acesso a medicamentos gratuitos
17 de outubro de 2017
Exibir tudo

Atualmente temos vivenciado um crescente acionamento judicial em face da classe médica, por mais diversos pleitos, como a “indústria” do dano moral pelo erro médico.

Visando a blindagem patrimonial e a proteção familiar, que, atualmente, inúmeros profissionais estão buscando um meio legal e preventivo, conceituado como Holding Médica. As Holdings são empresas, formadas por pessoas que investem o seu próprio patrimônio em ações ou quotas de uma sociedade. Com estas transferências de seus bens dentro desta empresa, há uma blindagem do patrimônio, evitando, assim, quase que completamente, as chances de penhora de bens, em eventuais demandas jurídicas. O seu objetivo é a prevenção.

São inúmeros os benefícios em criar uma Holding Médica, tais como: Proteção, a Holding cria uma maior camada protetiva em relação aos bens que o profissional da classe médica possui; Planejamento Sucessório, pode evitar que outras pessoas estranhas à família, possam intervir nas mais diversas questões. Além disso, torna-se mais célere eventual processo de inventário; Outro benefício, é a Diminuição Tributária, pois, enquanto uma pessoa física recolhe 27,5% de Imposto sobre sua Renda, a Holding Médica, por se tratar de uma pessoa jurídica constituída, recolhe apenas 12%; Há também o Baixo Custo Administrativo, onde os bens serão integrados ao seu capital social, com a criação de uma nova pessoa jurídica. Igualmente relevante, podem haver transferências de bens para a Holding, como imóveis, aparelhagens, etc. Além destes benefícios elencados, muitos outros também podem surgir, conforme o caso e necessidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *